Votação encerrada, o próximo filme será Grotesque! (Resultado) Os outros que ficaram em segundo também serão postados, algum dia... Só aguarda! Ah, os filmes que estavam "cinza" não aparecendo já renovaram este mês que entrou!

As boas maneiras (2017)

O drama de terror dos roteiristas e diretores brasileiros Marco Dutra e Juliana Rojas estreou mundialmente na competição principal de Locarno.

Assim como os licantropos combinam aspectos humanos e lupinos, a própria imagem é um híbrido de arte e gênero de cinema, combinando comentários sociais afiados com fantasia grand guignol. As protagonistas Isabel Zuaa e Marjorie Estiano (excelente em seu tempo limitado na tela) são particularmente merecedoras de prêmios como duas amigas improváveis de lados muito diferentes das classes, cujo relacionamento traça um curso de fluxo convincente ao longo da primeira metade lenta.

Clara (Zuaa) é uma zeladora profissional independente e autoconfiante de uma favela nos subúrbios pobres da metrópole.  Ela é uuma babá que vive com a rica mãe grávida Ana (Estiano). e conforme o grande dia se aproxima, o papel de Clara muda de serva para confidente / amiga para amante. Enquanto isso, Ana exibe um comportamento decididamente incomum durante sua gravidez, seu sonambulismo de lua cheia cada vez mais perto do território do cinema de terror. A mudança ocorre decisivamente na marca de uma hora, quando uma das sequências de parto bem nojentas na memória viva apresenta um bebê grotesco de origem evidentemente sobrenatural. A segunda metade do filme, ambientada sete anos depois, revela que ele se tornou um garoto aparentemente normal e bem-educado, Joel (Miguel Lobo). Clara o criou em sua casa no subúrbio, onde mantém sua adoção por uma dieta vegetariana estrita e toma cuidados especiais quando a lua está cheia ...

Dutra e Rojas se inspiram extensa e sensivelmente em golpes anteriores de lobisomem de origem literária e cinematográfica. Eles incorporam acenos a clássicos como An American Werewolf de John Landis em Londres de uma maneira que irá deliciar os geeks do terror, embora a atualização climática sobre a multidão empunhando tochas de camponeses vingativos talvez seja um tanto antigo demais. 

E embora haja claramente muito terreno sendo abordado aqui em termos de assuntos sociais e culturais complexos, o editor Caetano Gordano (cujo único crédito anterior é Trabalho Duro) deveria, no entanto, ter encontrado alguma forma de condensar o material em um comprimento mais gerenciável. A primeira hora é a mais forte, agraciada com a atuação matizada de Estiano como uma jovem de aparência convencional que, gradativa e com muita simpatia, revela seu eu interior depois de acolher Clara em sua vida. A coprodução Brasil-França pontua de forma artesanal mais impressionante em termos de cinematografia e design de produção. Rui Pocas e Fernando Zuccolotto interpretam os interiores e exteriores de São Paulo - suas classes divididas pelo rio Pinheiros - por meio de estilizações de fábula, o impacto intensificado pelos tons sinistramente delicados de contos de fadas de Guilherme e Gustavo Garbato elegante e pesado Ponto (hollywoodreporter).

O filme mistura com sabedoria e criatividade diversos gêneros. É um conto de fadas sombrio em que terror, comédia, drama e até números musicais se misturam completamente. O terror muitas vezes serve como parábola social para a exclusão do diferente, mas aqui vocês se verão afogados em referências e alusões, desde críticas esquisitas sobre a maternidade solitária até questões raciais. Há tanto para lidar que talvez seja melhor não tentar processar tudo, e apenas se abandonar à bela estranheza deste filme. Claro, um orçamento limitado limita o susto do CGI, você tem que ter a mente aberta sobre isso. A turbulência emocional compensa mais do que isso, pois a atuação de Isabél Zuaa carrega o filme desde o primeiro plano. O script deveria ser mais rígido, pois dá saltos enormes e depois fica mais lento. Eu recomendo assistir isso tarde da noite, com amigos próximos que gostam de coisas estranhas, e depois de alguns baseados ou bebidas. Eu assistir em um dia que estava sem sono algum, e estava passando no Canal Brasil, valeu canal brasillll !!

Sei que nao tenho mais meu notebook para upar os filmes porem busquei link externos para o filme online ! estao aqui abaixo...

Link assistir ONLINElink torrent - filmow

0 Comentários:

Postar um comentário