Mostrando postagens com marcador Contos do Boi da Cara Preta. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Contos do Boi da Cara Preta. Mostrar todas as postagens

Cômico Conto: "Tripas" (Guts) por Chuck Palahnuck

Esse conto, escrito pelo autor de Clube da Luta, foi publicado no livro Assombro (Haunted), de 2005. Na turnê de lançamento havia leituras desse conto feitas pelo próprio Chuck e, nelas, dizem que pessoas desmaiavam (mais de 50) e passavam mal. 

Na verdade é um baita conto engraçado olha!

"Inspire.

Inspire o máximo de ar que conseguir. Essa estória deve durar aproximadamente o tempo que você consegue segurar sua respiração, e um pouco mais. Então escute o mais rápido que puder.
Um amigo meu aos 13 anos ouviu falar sobre “fio-terra”. Isso é quando alguém enfia um consolo na bunda. Estimule a próstata o suficiente, e os rumores dizem que você pode ter orgasmos explosivos sem usar as mãos. Nessa idade, esse amigo é um pequeno maníaco sexual. Ele está sempre buscando uma melhor forma de gozar. Ele sai para comprar uma cenoura e lubrificante. Para conduzir uma pesquisa particular. Ele então imagina como seria a cena no caixa do supermercado, a solitária cenoura e o lubrificante percorrendo pela esteira o caminho até o atendente no caixa. Todos os clientes esperando na fila, observando. Todos vendo a grande noite que ele preparou.

Conto: Doutor Sádico (Em Delirium) Por Carlos Patricio

Imagem: Livro Delirium (2014).
Hoje, depois de anos finalmente resolvi escrever sobre o conto de um amigo, o conheço já a bastante tempo e posso afirmar sua simpatia, tenho seu livro dedicado em mãos, e posso dizer o quando é uma leitura ótima para passar o tempo, para ler no avião, no carro, no mais escuro de seu quarto! 

Desordens. Distúrbios. INSÂNIAS! Este é o tema de Delirium. Nesta coletânea de contos o autor preza, sobretudo, pela diversidade e a originalidade. Pois em que outro livro você encontraria realidade virtual, experiência com alucinógenos, assassinos sádicos, debates sobre crenças e religião, um desabafo a la Kafka, e, até mesmo, os infortúnios de uma fofoca? Uma culinária diversificada e bem temperada para todos os paladares.

Diante de tal insânia, o blog Capricornus Cruentum irá divulgar o conto chamado Doutor Sádico ! Ao final, o link para entrar em contato com o autor e para adquirir o livro com dedicatória e desconto !

“... está sendo considerado o ano com o maior número de sequestros na história da Áustria! Superando até mesmo 1995, quando dezenas de crianças haviam sido não só sequestradas, como também violentadas e assassinadas. A diferença é que, desta vez, os adultos também...”

Conto: A Casa Abandonada | por Gabriel Landa

Um amigo bem próximo me enviou seu conto que fez, achei interessante e pedir para publicar exclusivamente aqui no blog eita nois, o conto se chama A casa Abandonada, o autor é o Gabriel Landa (Facebook) e é cheio de suspense, olha só!



A casa Abandonada

Luciana dormia tranquilamente em sua cama. Estava superando relativamente bem à separação do marido há dois meses. Seus sonhos estavam tranquilos, até que ela acordou com um barulho na casa. A mulher levantou-se rapidamente. Era uma noite quente de setembro, na minúscula cidade de Mundo Novo, Mato Grosso do Sul. A cidade faz uma tríplice fronteira com o Paraná e com o Paraguai. Ou seja, uma rota de drogas e outros artigos ilegais, outro barulho.

Conto: Necrófilos: A seita


Olha só, mais um conto necrófilo, hora hora não vi o porque de não repassar, o nome já diz tudo o que é de se esperar, necrofilia, sadismo, gore e uma pitada de suspense. 

No começo achei que não iria continuar lendo, não me chamou tanta atenção, mas algo me prendeu, e foi ficando interessante, vamos logo sair dessa realidade e entrar em devaneios. 

Psicose psicose e mais psicose, ao som de Luxúria de Lillith \m/ 

Eaí vamos fazer o "Ritual dos necrófilos" ? Este conto foi retirado do blog Contos de Terror descrito ao final.

A beleza sempre atrai a todos nesta vida, um belo par de pernas, glúteos torneados, seios fartos e belos lábios são capazes de tirar qualquer jovem sedento de hormônios do sério.
  

O chamado de Cthulhu – Por: H.P. Lovecraft

Imagem: L&MP editores
Call of Cthulhu é um conto de horror do escritor norte-americano H. P. Lovecraft, conta a história de um ser extraterrestre e dos "antigos" que na mitologia "craftiana" seriam criaturas cósmicas, que teriam vindo à Terra antes desta abrigar a vida. Cthulhu aparece como um ídolo de argila, mas existe um culto dedicado a trazê-lo de volta - que seria o fim da Humanidade.


Logo abaixo o conto, ou se preferir o link para baixar no fim do post!

É concebível que tais grandes poderes ou seres tenham sobrevivido… sobrevivido de um passado extremamente remoto, quando a consciência era provavelmente manifestada em formas e contornos surgidos muito antes do advento da espécie humana… formas das quais somente a poesia e a lenda preservaram uma tênue memória e chamaram-nas de deuses, monstros, criaturas míticas das mais variadas espécies…
 ALGERNON BLACKWOOD

I. O HORROR NA ARGILA

O Gato Preto Por: Edgar Allan Poe

Imagem: Taringa
ESSE É CLÁSSICO!?, do autor Edgar Allan Poe! È impressionante! Sempre gostei de gatos e preto melhor ainda... Mas nunca tive sorte com gatos, outros animais comia enquanto filhotes, outros sumiam, roubavam, morriam etc.. 

Acho que O gato preto do texto seria a solução já que o autor achava uma maldição (incluindo mortes) por não se livrar dele... Bem vamos ao conto.

O gato preto

Não espero nem peço que se dê crédito à história sumamente extraordinária e, no entanto, bastante doméstica que vou narrar. Louco seria eu se esperasse tal coisa, tratando-se de um caso que os meus próprios sentidos se negam a aceitar. Não obstante, não estou louco e, com toda a certeza, não sonho. Mas amanhã posso morrer e, por isso, gostaria, hoje, de aliviar o meu espírito. Meu propósito imediato é apresentar ao mundo, clara e sucintamente, mas sem comentários, uma série de simples acontecimentos domésticos. Devido a suas conseqüências, tais acontecimentos me aterrorizaram, torturaram e destruíram.